Curiosidades
A arte do serviço do vinho
O serviço do Vinho é um item importante para os profissionais de restaurante e para as pessoas que recebem amigos em sua casa para um jantar. O correto serviço do Vinho, feito com destreza e elegância, faz com que este tenha até outro sabor.
Nos países onde a tradição do vinho se faz presente, o bonito serviço, desde a apresentação da garrafa ao cliente ou ao convidado, passando pela sua abertura e a colocação do vinho no copo é parte integrante de um ritual.
Em primeiro lugar, vem a escolha adequada do tipo ou dos tipos de vinhos a serem servidos para acompanhamento dos pratos.
Em seguida, a escolha do copo correto para o vinho ou vinhos escolhidos, o que faz realçar seus aromas e gostos.

Tipos de copos
Hoje em dia encontram-se no mercado especilaizado uma ampla gama de copos por tipos de vinhos e de regiões como Bordeaux, Borgonha, Riesling, Sauvignon, Blanc, etc. Vamos nos limitar no entanto a seis tipos fundamentais ->

Arrumação de copos à mesa
A arrumação correta dos pratos, talheres, guardanapos e copos à mesa é de fundamental importância. O esquema mostra como devemos fazer esta arrumação.
A lógica de arrumação da mesa (mis-en-place) obedece a alguns fatores de ordem prática e, também, à tradição. O padrão atual da data final do século passado, e com poucas modificações vem se mantendo até hoje. Em primeiro lugar, o prato em frente à cadeira do convidado. Os garfos devem ser colocados do lado esquerdo do prato e a faca do lado direito. A arrumação dos copos em linha diagonal, ao lado direito do prato, obedecem a seguinte ordem: na parte inferior fica a flute, pois, é a primeira a ser usada; em seguida o copo de vinho branco; depois o copo de tinto e por fim o de água. Evita-se colocar préviamente à mesa os copos de cognac e de licor, pois estes serão servidos após a sobremesa.

Temperatura
É muito importante os vinhos serem servidos à temperatura recomendada para cada tipo, afim de que sejam apreciados em sua melhor condição, exaltando as características boas e eliminando as sensações desagradáveis. Tabela de temperaturas recomendáveis no serviço de vinhos ->



A arte de harmonizar vinhos com iguarias
O que é harmonizar um prato com um vinho? Na realidade é escolher um para o outro: não importa se escolhemos o prato para um vinho ou o inverso. O que se deve é seguir alguns critérios que resultarão numa maior satisfação do ato de comer. Sabe-se que uma boa comida valoriza o bom vinho e um bom vinho valoriza uma boa comida. Na realidade a combinação correta entre vinhos e comidas é uma arte um pouco difícil, mas que resulta em grande satisfação à mesa.

A primeira regra é não cometer os seguintes erros básicos:
Servir vinhos tintos acompanhado de carnes vermelhas e caças;
Servir vinhos brancos e frutados com pratos de peixes e outros frutos do mar;

Além das regras básicas anteriores existem certo pratos ou tipos de alimento que não combinam bem com vinhos. Por exemplo:
Pratos que usam vinagre ou limão com tempero: marinadas de peixes ou carnes com vinagre, picles, saladas temperadas com muito vinagre ou limão;
Alcachofras cruas;
Comidas temperadas com muita raiz forte como o sushi;
Bolos e doces à base de chocolate;
Frutas Cítricas (laranja, tangerina, etc.);
Uvas;
Sorvetes;

É preferível acompanhar essas iguarias com uma boa água mineral.