Curiosidades
Lenda do Galo PortuguÍs
Um peregrino Galego, ao deixar Barcelos com destino à Santiago de Compostela, em sua terra natal, foi acusado de roubar prata de um proprietário de terras e condenado à forca. Num apelo final para se salvar, o prisioneiro pediu uma audiência ao Juiz, que se preparava para comer um galeto. O condenado jurou que como prova de sua inocência a ave iria pôr-se de pé e cantar. O Juiz pôs o prato de lado e ignorou o apelo. Mas quando o prisioneiro estava sendo enforcado, o galeto levantou-se e cantou!
O Juiz percebendo o erro, correu ao patíbulo e descobriu que o homem sobrevivera por milagre, graças ao nó malfeito.
Segundo a lenda, o Galego voltou anos depois ao local e esculpiu o Cruzeiro do Senhor do Galo, guardado no Museu Arqueológico de Barcelos.

Artigo extraído do Guia Visual Folha de São Paulo/Portugal
Madeira e Açores